Versão Garupa
UBATUBA
Versão Piloto
 


Quem tem fé sempre alcança. Ditado perfeito para quem esperava o sol a praticamente um mês. Quando todos duvidaram, ele apareceu. Na noite anterior caiu um pé d’água que com certeza faria qualquer pessoa acreditar que o dia seguinte não daria praia. Aí é que entra a fé, levantamos cedo e acreditamos que ele sairia. O sol estava tão ansioso para dar o ar da graça que mal esperou amanhecer. Nosso destino, Ubatuba, mais conhecida como Ubachuva, por isso, final da tarde com certeza eu esperava chuva. Marcamos com algumas pessoas no posto da Ayrton Senna, mas não acreditaram como a gente e então eles resolveram não aparecer. Azar o deles, pois nós os otimistas pegamos a estrada e fomos rumo a Taubaté ao encontro dos nossos mais novos amigos, Márcia, Gugu e Domingos que nos convidaram para este passeio.
Taubaté é uma cidade muito simpática, não tivemos tempo de conhecer, apesar de terem nos convidado para pernoitar, não foi possível, porque estávamos com a moto de um amigo emprestada e teríamos que devolver no mesmo dia. Foi uma experiência muito interessante viajar na garupa de uma GS 1200, tudo bem que foi uma viagem curta, mas deu para ter uma idéia. Pelo que percebi, passou pela aprovação total do Piloto. Não sei se por falta de costume, achei que devido ao banco da Garupa ser um pouco mais alto que o do piloto, a gente acaba recebendo um pouco mais de vento forçando assim o pescoço.
Vamos ao que interessa “UBATUBA”. Viagem maravilhosa, ainda mais em companhia de amigos agradáveis e do todo poderoso Sol. Dia perfeito para um passeio de lancha.
O mar estava lindo, água mansa e cristalina, deu até para ver tartarugas nadando. Fomos visitar a Ilha Anchieta, lugar paradisíaco, que todos deveriam conhecer. Nesta ilha tem um presídio desativado, olha que legal, além de praia, natureza é lógico, um passeio cultural também. Quer mais? Existem escunas com passeios programados para ilha, caso tenham interesse. E vale a pena, principalmente se for de moto, porque assim evita-se pegar trânsito na alta temporada.
Um pouco complicado para quem não gosta de curva é a serra de Taubaté, que por sua beleza é recomendável, mas caso não queiram arriscar podem ir pela Tamoios, que a serra é menos acentuada.
A ilha é repleta de praias, uma mais linda que a outra. Tivemos o privilégio de conhecer algumas, enquanto isso, porém, os desistentes estavam rolando na cama em São Paulo, com certeza arrependidos de não terem vindo.
Tivemos tratamento VIP, frutas e bebidas a bordo, sem contar com o conhecimento geral da Márcia e do Gugu sobre a Região. O Domingos ficava por conta da animação, que por sinal não deixou nada a desejar, divertidíssimo. Muitas fotos, filmagens, conversa boa, mas estava chegando a hora de voltar e como tudo que é bom dura pouco, aquele dia resolveu durar um pouco mais, tínhamos que voltar, só que com a vantagem de ser de moto, então logo se conclui que ainda tinha passeio pela frente.

Troca de roupa e logo em seguida fomos ao TACHÃO, doceria imperdível em Ubatuba indicada pelo Domingos, também com aquele tamanho todo tinha que conhecer lugares bons para comer. Pedimos um Apstrudel de maçã que deixou um gostinho de quero mais, o triste é que toda vez que der aquela vontade vou ter que rodar 480 Km para comer de novo. Se for de moto, vamos ter dois prazeres, não é?

Para completar nosso passeio, tivemos um final de tarde deslumbrante, um presente que as fotos poderão provar. O céu estava lindo, valeu à pena deixar para sair mais tarde.
Nos separaríamos em Taubaté e seguríamos mais 110km até SP.

E é assim a gente se despede de nossos mais novos amigos, felizes pela recepção e pela companhia de um dia maravilhoso.

“Que seja eterno enquanto dure.” – Vinícius de Moraes

   

 

COMO CHEGAR

Sempre de moto. Isso é o que importa!

Depois de uma semana de negociações intensas com nossos amigos Gugu e Domingos, moradores da estrategicamente localizada cidade de Taubaté, Helinho e Policarpo ROCKRIDERS Jr. de São Paulo e o todo poderoso São Pedro, que aos 45 do segundo tempo resolveu fechar as torneiras e abrir um SOL maravilhoso no sábado, depois de uma semana de fortes chuvas.

Partimos pontualmente as 7:30 do primeiro posto da Rod. Ayrton Senna ou Carvalho Pinto, como preferirem, apenas eu e minha fiel garupa, já que Helinho e PolicarpoROCKRIDERS Jr duvidaram da boa vontade do Santo Pedro.

Após uma rápida passagem por uma zona de neblina, o céu se fez azul e chegamos a Taubaté onde nos encontramos com Domingos, o pequeno grande homem. Na sequência fomos recebidos na Casa do Gugu e Márcia, que após um rápido bate-papo, descemos a sinuosa serra em direção a Ubatuba

ESTRADAS

Carvalho Pinto / Dutra até Taubaté depois é só descer a belíssima serra que nos leva até Ubatuba.


O QUE FAZER

A convite do nosso anfitrião Gugu, fomos fazer um passeio de lancha pelas belas praias de Ubatuba incluindo a Ilha Anchieta, e conhecer entre outras coisas, as ruínas do antigo presídio.

Com a permissão de São Pedro, a gentileza do casal Gugu e Márcia, e a simpatia e o bom humor do Domingos tivemos um dia maravilhoso.


COMER & BEBER

Inicialmente durante as “intensas negociações” que ocorreram na semana que antecedeu o passeio, o plano era um churrasco na Ilha Anchieta. Porém, para aproveitar mais o dia e os passeios, optamos em fazer um lanche a bordo da possante Globalplayer II.

MEUS COMENTÁRIOS

Essa viagem ratificou para mim uma das coisas que eu mais gosto no Mototurismo, fazer novos amigos.

Durante toda a nossa Expedição Peru, tivemos a companhia do nosso então amigo virtual, Gugu. Sempre nos apoiando e nos incentivando. Hoje, depois de mais uma viagem de moto, tenho o prazer de incluir mais dois grandes amigos em minha agenda, Gugu e Domingos.

Valeu pela receptividade!



 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Distância SP - Ubatuba
 
 A 240 Km de S. Paulo
Tipo de viagem
 
 Bate volta / Final de Semana / Feriado
 
Viagem realizada em:
   Jan/2009
Sites
 

 www.ubatuba.com.br
 www.tachao.com.br 


 
 
clique aqui para voltar ao índice