São Lourenço do Sul – RS

VERSÃO PILOTO

COMO CHEGAR
Partindo de São Paulo são 1.300 km para chegar até São Lourenço do Sul – RS.

ESTRADAS
Pela BR 116 até Curitiba é uma estrada que requer bastante atenção, pelo alto número de caminhões e porque sempre que eu passo por lá tomo chuva, é incrível. Depois, pela BR 101, não é muito diferente, muita atenção, porque o fluxo de caminhões é incessante e estradas que circulam muitos caminhões pesados sempre deixam alguns buracos pelo caminho.

O QUE FAZER
Acabamos descobrindo São Lourenço do Sul meio por acaso, como esse roteiro faz parte de nossa viagem ao Uruguai, onde nosso objetivo era conhecer Montevideo e Colônia do Sacramento, além de São Miguel das Missões e Treze Tílias, no sul do Brasil.

Saímos de São Paulo após o almoço e dormimos em Curitiba, no dia seguinte seguimos nossa viagem e a mossa intenção era pernoitar na cidade de Rio Grande, mas por acaso vimos uma placa marrom, na estrada, indicando de São Lourenço do Sul, como destino turístico. Resolvemos fazer a volta e conhecer, valeu muito a pena, mesmo passando apenas algumas horas ainda com o dia claro, deu para conhecer a lagoa dos patos e caminhar bastante a pé pela cidade, além de um ótimo jantar na despedida do Brasil, já que no dia seguinte estaríamos no Uruguai.

Essa é uma ótima cidade para quem está seguindo para uma longa jornada pela América do Sul, como já fizemos várias vezes. Certamente é uma parada muito proveitosa no deslocamento.

VERSÃO GARUPA

Viajar para o Sul é ter certeza que verás paisagens lindas. Cidades sempre muito organizadas e floridas. Tudo muito arrumadinho e limpo, sem contar com as saborosas guloseimas. Pouco se fala sobre o seu interior, mas desta vez resolvemos fazer uma viagem mais tranquila e parar em cidades mais aconchegantes para passar a noite. Nada de correria para levantar no dia seguinte e pegar logo a estrada. Quando se tem mais tempo rodando menos quilômetros por dia, há a oportunidade de conhecer melhor os lugares. Com São Lourenço do Sul foi assim. Ela não estava em nossos planos, mas o destino nos guiou até lá. Já tinha ouvido falar da Lagoa dos patos, mas não imaginava a sua dimensão e nem que São Francisco do Sul tinha belas praias de água doce como eu vi.

A cidade é bem plana e nos convida a fazer caminhadas pelo calçadão que margeia a Laguna.
Por se tratar de água salobra e com desague no mar, ela deveria ser chamada de Laguna e não de lagoa, mas o que prevalece são as histórias que relatam sobre ela. Lagoa ou laguna, não importa, o que realmente vale é a beleza deste lugar. Quando você olha e não tem conhecimento que se trata de uma lagoa, imagina de imediato que é o mar. A natureza realmente nos surpreende!

Chegamos no meio da tarde do dia 26/12/17. As pessoas ainda estavam com a preguiça e a gula do natal. Acidade se apresentava bem tranquila, mas pelo que percebi, não deve ser uma cidade agitada mesmo. Me pareceu uma cidade muito familiar e amigável. As pessoas se encontram na “orla” para tomar chimarrão e bater aquele papo gostoso de final de tarde.

Como a cidade é plana, pedalar fica muito mais tranquilo para quem quer moleza. E se tiver mais preguiça ainda, você pode alugar bicicleta de dois lugares e dar aquela enroladinha para o seu parceiro se esforçar sozinho. Afinal, férias é para pôr a preguiça em ação.

Uma coisa que achei linda nesta cidade foram as árvores. Tem de todos os tamanhos, mas teve uma que me agradou bastante. Foi uma figueira enorme, quase não coube na lente para fotografar inteira. Elas chegam a ser tão lindas que fica irresistível não subir em uma delas.

A noite fomos jantar no restaurante Tropicalis. Super indico, pois, a comida e o atendimento foram excelentes. E como vai estar descansado do dia inteiro na preguiça, pode ainda gastar suas energias jogando uma partidinha de boliche.

Apesar de ser uma cidade pequena, dispõe de alguns hotéis com preços interessantes. Não fizemos reserva, porque São Lourenço do Sul, não estava em nossos planos.
Depois de algum tempo andando pela cidade escolhemos a pousada Sol Nascente, ótimo custo benefício.

Além de pedalar, tomar sol, jogar boliche, você também pode fazer um passeio de barco pirata por apenas R$10,00 pela Lagoa dos Patos e também visitar a fazenda do Sobrado.

Pelo tempo que ficamos já deu para ter a ideia que São Francisco do Sul é um roteiro especial para quem quer ficar longe do agito, caminhar tranquilamente pela cidade e descansar da correria da cidade grande. Aqui o stress tão tem vez, dá para realmente descansar. São poucos os compromissos de pontos turísticos para visitar, então sobra tempo para ficar na areia da lagoa, dar um mergulho e a tarde caminhar e admirar como é simples a vida das pessoas que moram no interior.

Bom descanso!

Viagem realizada em:26/12/17
Tipo de viagem:Feriado prolongado
Como ChegarPartindo de São Paulo são 1.300 km para chegar até São Lourenço do Sul – RS
DespesasPousada R$ 120,00 Jantar R$ 90,00 Aluguel de bike R$ 10,00 Passeio de barco R$ 10,00