Versão Garupa
PIRACICABA - SP
Versão Piloto
 


Depois de um período longo de chuvas na região sudeste do Brasil, finalmente a trégua.
Domingo amanheceu com tempo bom e imaginávamos que no interior estaria melhor ainda. Sem muita preocupação com o horário resolvemos fazer um bate-volta para Piracicaba que fica a 160 km de São Paulo. A cidade gira em torno do famoso rio. Muitas pessoas da região se deslocam para esta agradável cidade que tem algumas opções de passeio. Ideal para famílias, mas também para quem adora curtir um passeio de moto, pois as estradas que dão acesso são excelentes.
Saímos por volta das 11hs e quanto mais nos distanciávamos de SP o céu ficava mais lindo, com um tom azul celeste e poucas nuvens branquinhas formando pequenos desenhos. Muitas motos na estrada, afinal o dia estava ideal para passear. Chegamos na hora do almoço e o local mais frequentado da cidade, pelo menos no domingo, é a Rua do Porto. Com muitos restaurantes, fica difícil escolher em qual almoçar. Optamos pelo Dezoito´s, que um casal de amigos que estava com a gente já conhecia. Seguimos direto para lá, pois quanto mais tarde, mais lotado, então resolvemos garantir nosso lugar e depois dar um bordejo pela cidade. Todos os restaurantes seguem praticamente o mesmo padrão, você vai até a grelha e lá pode escolher o peixe que quiser que já está pré assado. Existem diversos tipos de peixe, nossa escolha foi o Piapara, tem um pouco de espinho, mas é muito saboroso. Agora, não deixem de pedir o Cuscuz de frango, uma delícia! Não achei a conta alta, pra se ter uma idéia, o cuscuz médio custa R$ 18,00 e o peixe assado saiu por R$ 50,00, e eram dois heim. Vale muito a pena conhecer e tem mais, tudo ao ar livre beirando o Rio Piracicaba. Enquanto a gente almoçava os pescadores tiravam uns peixes d’água, e eu que achava que pescaria acontecia pela manhãzinha. Barriga cheia combina com caminhada, saímos de lá e fomos conhecer o Engenho Central do séc. XIV. Muito interessante, mas se estivesse mais conservado seria muito mais. Tem também o Museu da Água, mas este não foi possível visitar desta vez. Se quiser fazer um passeio de barco pelo Rio, custa R$ 5,00 por pessoa e se por acaso quiser relembrar dos velhos tempos de criança e andar de pedalinho, também tem e custa R$ 3,00 por pessoa. Pescar, fazer canoagem, andar de trenzinho, visitar o Zoológico, subir no mirante...Como se vê tem muita coisa para fazer em Piracicaba e se não conseguir fazer tudo no mesmo dia, volte outras vezes porque vale a pena.

 


   


COMO CHEGAR


A 160 km de São Paulo pela Rodovia dos Bandeirantes.


ESTRADAS

Considera uma das melhores rodovias do Brasil, dispensa comentários, quanto ao piso, conservação e sinalização, e pelo menos por enquanto, nós motociclistas ainda não pagamos pedágio. Portanto aproveite.

O QUE FAZER

É um típico roteiro de bate-volta, para curtir aquele domingão que amanheceu com sol e você não tem nada para fazer, então aproveite, convide os amigos para por a moto na estrada e almoçar a beira do rio Piracicaba.


COMER & BEBER

O Point é a rua do Porto, onde você poderá escolher o restaurante com o layout que mais lhe agradar, mas o prato típico em todos eles é sempre peixe assado. Mas é bom levar dinheiro e/ou cheque, por problemas técnicos não estavam aceitando cartões.

MEUS COMENTÁRIOS

Depois de curtir o peixe assado, acho que a melhor opção é fazer a digestão passeando de pedalinho pelo lago, andando pela antiga usina antes de pegar a estrada de volta pra casa, e é sempre bom lembrar que peixes e radares não faltam em Piracicaba.

 





 

 
 
 
 
 
 
 
Distância - SP a Piracicaba
 
  A 160 km pela Rodovia dos Bandeirantes
Tipo de viagem
 
  Bate e volta
 
Viagem realizada em:
    Março/2010
Sites
 

  http://www.comabempiracicaba.com.br/
  http://www.piracicaba.sp.gov.br

 
 
clique aqui para voltar ao índice