Versão Garupa
BÚZIOS - RJ
Versão Piloto
 



O Rio de Janeiro continua lindo, O Rio de Janeiro fevereiro e Março...
O Rio de Janeiro é lindo o ano inteiro, de janeiro a janeiro. Esta cidade tem uma energia e uma qualidade de vida impressionante. As pessoas estão sempre praticando esporte e fazendo caminhada pela orla. Lógico que toda cidade tem violência e sei que o Rio é muito criticado por isso, mas não podemos deixar de ver o lado bom e com certeza o Rio tem muito para mostrar.
Fizemos algo diferente do que fazemos geralmente, viajamos a noite, tudo isso para ganhar tempo e realmente valeu a pena, mas acho que melhor ainda é poder viajar de dia, além de ser mais seguro dá para curtir melhor a estradas e as paisagens.

Conhecer o Aterro do Flamengo e se hospedar em casa de pessoas adoráveis é simplesmente único. Sem contar que o café da manhã foi maravilhoso, e tem mais, com uma vista deslumbrante. A impressão que eu tenho que aquele lugar foi desenhado e retocado várias vezes até ficar perfeito. Como estávamos em companhia de pessoas que adoram a cidade que moram, tivemos praticamente uma aula de história. O papo estava muito bom, mas resolvemos dar uma esticadela até Búzios.
Já se passaram quase 15 anos que estive por lá e estava curiosíssima para rever a cidade. Só que antes disso fomos fazer um pequeno tour pela cidade e comprovar que o Rio realmente é lindo.

Não podia ser melhor, até São Pedro estava de braços dados com São Sebastião, padroeiro da cidade, e nos presenteou com um dia lindo. Imagina que em pleno inverno estava um sol de rachar, deu até praia.

Sabe aqueles lugares que você gosta mesmo antes de chegar? Búzios é assim. Tem algumas cidades que a gente precisa de um tempo para se adaptar e neste caso é diferente. Tudo bem que a gente gosta do que é bom, mas tem algo nesta cidade que paira no ar.

Está muito diferente de 15 anos atrás, portanto se já faz algum tempo que você não vai, agora é a hora. Provavelmente gostei muito porque a cidade não estava lotada. È uma boa dica ir no inverno, pois acredito que no verão a cidade deve ficar lotada de gente e até perde o glamour.
Tem muitas coisas para se fazer em Búzios, como por exemplo: passeio de barco que custa aproximadamente R$ 40,00 por pessoa; esportes radicais; velejar; aulas de surf, mergulho; comer...epa, esta é a melhor parte. Como se come bem. Tudo bem que não é um lugar barato, mas tem muitas opções, fica até difícil escolher.
Como já disse o dia estava lindo e não poderíamos deixar de ir a praia. Conhecemos a praia de João Fernandes e ficamos na barraca da prima da Juliana Paes, e dái, ela não estava, mas em compensação a praia era todinha nossa, ela não sabe o que estava perdendo. Sol com direito a protetor solar, marquinha e tudo.

Búzio é assim, simpática em tudo, é só procurar algo interessante que você acha. Muitas praias para todos os gostos, das familiares as de badalação.
Tem uma pracinha onde acontecem diversos eventos, neste final de semana tivemos a sorte de acompanhar até uma escola de samba, a famosa Mangueira. Era a bateria mirim, pequena só no nome, mas tocavam como gente grande.
Depois veio um forró na praça, muito divertido, dançamos até não aguentar mais. Final de noite, dia agitado e resolvemos guardar nossas energias para o dia seguinte.
Fomos conhecer Arraial do Cabo que fica a 40km de Búzios. Não tem o mesmo charme, mas vale a pena , principalmente porque é do lado. È um lugar muito simples, mas com belas paisagens. Este dia não estava tão ensolarado como o anterior, mas com sol o visual deve ficar bem mais lindo. Se tiverem oportunidade conheçam o Pontal do Atalaia, a vista lá de cima é lindíssima.

Hora de voltar, um pouco triste, porém vamos pensar no lado bom, temos que rodar de moto. Parece piegas, mas fala sério, é muito bom e melhor ainda porque resolvemos voltar por Itamonte, que faz parte da Estrada Real, que se não me engano poderá ser nosso próximo destino.
Neste trajeto tem paisagens encantadoras e pra quem gosta de curvas, tem um bocado delas, portando a velocidade é bem reduzida, ideal para quem quer passear.
Não disse que o Rio de Janeiro continua lindo? Comprove pela fotos elas dizem tudo.

 

   



COMO CHEGAR

A 715 Km de S. Paulo. Carvalho Pinto / Dutra / Via Lagos


ESTRADAS

A Carvalho Pinto dispensa comentários, a Dutra normalmente tem trânsito carregado até Taubaté, depois segue bem. Passando pelo Rio, pela Linha Vermelha, Ponte Rio / Niterói até a Via Lagos, que é uma bela estrada de mão dupla, com bom piso. Lembrando que em todas essas estradas, agora, motos também pagam pedágio. Portanto, além de não esquecer de levar dinheiro, fique atento ao parar nas cabines, normalmente o piso é lambuzado de óleo.

O QUE FAZER

Viajar pelo Rio de Janeiro sempre rende belas fotos, portanto todas as vezes que temos o privilégio de passar pela Cidade Maravilhosa, aproveitamos para conhecer e fotografar alguns cartões postais.
Desta vez não foi diferente, ficamos hospedados uma noite no apartamento dos pais de nosso amigo Marcos, que seguiu viagem conosco junto com o já famoso, Casal Pequeno. No total, “Éramos Seis”. Eu e a minha fiel garupa, que escreve ai ao lado, Mauricinho e Rô (Casal Pequeno) e Marcos e Patrícia (nossos anfitriões, desta vez em terras cariocas).
Chegamos no Rio às 23h. Depois de ficar apreciando a deslumbrante vista da praia do Flamengo com o Pão de Açúcar ao fundo do alto do 16º andar, fomos dormir (depois das 3 da manhã, quando acabou o repertório de assuntos do Mauricinho). Acordamos cedo para tomar café e dar uma rápida voltinha pelo Flamengo, Urca e seguir rumo a Búzios.
Ficam registrados aqui nossos agradecimentos a acolhida, ao café da manhã e aos bons papos com o casal Günter e Elisabeth.
Passando pela ponte Rio / Niterói, seguimos pela Via Lagos, que eu imagino que nos feriados deve ficar bem congestionada, mas como não era feriado no Rio, seguimos tranquilos.
Búzios é muuuiiito legal, se você gosta de praias pequenas ou grandes, badaladas ou tranquilas, para surfar ou apenas apreciar a natureza, se você gosta de uma noite agitada, cheia de bares e restaurantes, ou se você é daqueles que adora passear pelas calçadas e curtir as vitrines das lojas ou então se preferir ficar na pousada balançando na rede, não deixe de conhecer Búzios, não é a toa que a Brigitte Bardot não saia de lá nos anos 60. Por que os gringos sempre descobrem o Brasil antes que a gente?


COMER & BEBER

Nesse quesito, Búzios dispensa muitas recomendações. Você encontra quase tudo o que você imaginar, tem muitas opções de restaurantes que servem pratos dos mais variados cardápios, com certeza você vai encontrar algum que te agrada.
Ah, só vou dar uma dica, comer um cuzcuz doce de tapioca com leite condensado num dos carrinhos que ficam estacionados nos calçadões durante a noite. Não é nada light, mas depois é só correr uma ½ maratona que tudo bem.

MEUS COMENTÁRIOS

Para quem parte de São Paulo, no mínimo um fim de semana prolongado é o ideal para conhecer Búzios, além de todos os motivos já citados, você pode também esticar até Cabo Frio e Arraial do Cabo.
Na volta para São Paulo, para não ficarmos com aquele gostinho de já acabou, resolvemos dar uma esticada até Itamonte. Pela Dutra, entramos em Engenheiro Passos, logo após Itatiaia e seguimos por uma linda estradinha repleta de curvas que faz parte da “Estrada Real”, contornando em Passa Quatro, Cachoeira Paulista até retornar na Dutra. Pra quem ainda não sabe, viajar de moto é isso. Nem sempre o menor caminho é o melhor.

Até a próxima!

 





 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Distância SP-Búzios
 
  A 715 Km de S. Paulo. Carvalho Pinto / Dutra / Via Lagos
Tipo de viagem
 
  Feriado Prolongado / Férias
 
Viagem realizada em:
    Julho/2009
Sites
 

  www.buzios.com.br 

 
 
clique aqui para voltar ao índice